Faz Bem, Saúdavel
Leave a comment

Beterraba… ama ou odeia?

Beterraba

“Beterraba? Não gosto, sabe a terra.” Sem dúvida, que se trata de um legume com o qual as pessoas têm um certo amor/ódio. Ou adoram comer beterraba ou nem não podem ouvir falar nela. Contudo, como nós acreditamos que se pode aprender a gostar do que quer que seja, vamos tentar contribuir para aumentar o número de amantes!

A beterraba é um alimento com uma história milenar, que remonta à Grécia Antiga. Existem diversas variedades mas a Beta vulgaris var. attissima, a beterraba sacarina tão nossa conhecida, viu o seu cultivo impulsionado por Napoleão como forma alternativa ao açúcar de cana. É um vegetal pouco calórico, sem gordura saturada e de todos os vegetais é aquele que tem maior conteúdo em açúcar. Contudo não se preocupe com a subida do nível de açúcar no sangue, o elevado teor em fibra impede que isso aconteça de forma exagerada. É fonte de vitamina C, vitamina B6, vitamina A, magnésio e manganésio.

Talvez o iremos surpreender quanto ao nutriente que mais se destaca na beterraba, o ácido fólico. Sim, leu bem! Apesar de ser um boa fonte de ferro ganhou um fama exagerada. O ácido fólico é uma vitamina do complexo B cuja deficiência pode levar ao aparecimento, durante a gravidez, de defeitos do tubo neural (como a espinha bífida); à acumulação de homocisteína, factor de risco para as doenças cardiovasculares; e ao aparecimento de anemia.

Além do referido, outros compostos encontrados na beterraba tornam-na num alimento cujo consumo beneficia a saúde cardiovascular. É fonte alimentar de nitritos que são convertidos em óxido nítrico que relaxa e dilata os vasos sanguíneos, contribuindo para o aumento do fluxo sanguíneo e diminuição da pressão arterial; de potássio, também ele com efeito vasodilatador; de fibra solúvel que ajuda a reduzir os níveis plasmáticos de colesterol LDL e de triglicerídeos, factores de risco para as doenças cardiovasculares; e compostos antioxidantes, como é o caso do pigmento que lhe dá a cor vermelha, a betacianina. Alguns estudos sugerem que a betacianina tem propriedades anticancerígenas, principalmente no cancro da próstata, mama e pâncreas.

Consumir beterraba só custa começar, colocar de lado as ideias pré-definidas e deixarmo-nos levar pelo seu sabor bem doce… A sua saúde irá agradecer, principalmente a cardiovascular!

Sabia que…
A beterraba é conhecida como o “viagra natural” e considerada um afrodisíaco desde há milénios. Isto deve-se ao efeito do óxido nítrico que como vasodilatador, relaxa os vasos sanguíneos, aumentando o fluxo sanguíneo e estimulando a erecção; e ao mineral boro que é importante na produção de hormonas sexuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>