Comer Fora, Grande Lisboa, Lisboa, Restaurantes
Leave a comment

A Mercearia do Páteo Alfacinha

A Rua do Guarda Joias, perto do Palácio da Ajuda, guarda mesmo uma joia: o Páteo Alfacinha! E se lhe dissermos que ali podemos encontrar uma Mercearia e uma Horta?! Parece pouco provável, mas passamos a explicar!

O Páteo Alfacinha é uma recriação fiel de um bairro típico lisboeta, idealizado no início dos anos 80 por Vítor Seijo, um apaixonado e grande conhecedor da cidade de Lisboa e avô do atual proprietário, Miguel Seijo. Fiel à paixão alfacinha, recuperou e concentrou num Páteo espaços de habitação popular, comércio tradicional (taberna, padaria com forno a lenha), capela, jardim de inverno, salão nobre, sala dos pregões com painéis de azulejos únicos.

Passados 30 anos, a vista sobre o Tejo, o chão em calçada portuguesa e o ambiente pitoresco permanecem, mas o Páteo Alfacinha converteu-se num lugar multifacetado, com espaços de escritórios e salas para eventos e… restaurantes! Lá podemos encontrar a Horta, um espaço ao ar livre aberto no verão, e a Mercearia, que funciona nos meses de inverno, ambos privilegiando os ingredientes de cada época do ano, com ementas inspiradas na cozinha tradicional portuguesa.

A Mercearia é literalmente uma mercearia! O restaurante recebe-nos logo à entrada com uma zona de produtos regionais portugueses: queijos, enchidos, compotas, conservas, azeites, licores, produtos secos, mel, vinagre de mel, hidromel, flor de sal. E vinhos nacionais! Na sala acolhedora do restaurante, uma das paredes é dedicada aos vinhos que podem ser comprados ou consumidos no local a preço de mercearia, ao qual acresce uma taxa de rolha de 6 Euros. O único produto não nacional é o arroz de Calasparra, da região de Múrcia, em Espanha.

Os petiscos e pratos da carta incluem os produtos expostos na mercearia, numa reinterpretação dos sabores tradicionais portugueses: brigadeiros de caça, caldo verde desfeito com crocante de chouriço de porco preto, bochechas de porco preto confitadas com cogumelos salteados e vinagre de alecrim. Escolha certa é também o crepe de bacalhau com molho de camarão e arroz Bomba Calasparra de peixe e mariscos. O carrinho de sobremesas à escolha é a tentação absoluta!

Mais do que uma boa ideia e uma boa concretização, a Mercearia do Páteo Alfacinha reafirma a qualidade dos produtos nacionais, num apoio deliberado aos pequenos produtores portugueses. Vamos às compras?

Facebook
Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *