Comer Fora, Grande Lisboa, Lisboa, Restaurantes
Leave a comment

Conserveira da trindade  

ConserveiraTrindade

Sardines!!!” é o que se ouve à porta da Conserveira da Trindade, pelas centenas de turistas que por ali passam. “Tuna? Really?”, é o que se ouve quando entram e começam a ver o que realmente se passa ali dentro. A verdade é que ficam mesmo impressionados com a variedade de peixe em conserva que não apenas a sardinha e, claro, com a excelente qualidade, fazendo deste espaço, ponto obrigatório de passagem num tour por Lisboa.

Localizada na Rua Nova da Trindade, a Conserveira da Trindade conta com uma variedade de produtos, desde os peixes e moluscos em conserva, até patés e pastas, sem falar na seleção de vinhos portugueses, com destaque para a Carm que também conta com uma gama de produtos gourmet, disponíveis em loja.

Todos os produtos são de origem nacional, mais precisamente da zona do Algarve. Os grandes destaques vão para a muxama, as ovas de sardinha e as conservas da Companhia das Pescarias do Algarve. O peixe-espada preto (Nero) em conserva também é uma das raridades que podem lá encontrar, bem como o nosso típico bacalhau.

Com uma decoração tradicional, a conserveira tem em exposição uma variedade incrível de conservas, em embalagens coloridas e vintage, sendo difícil escolher apenas uma para levar. Mas não se preocupem, enquanto escolhem podem degustar as mesmas, servidas em modo gourmet com um bom vinho português a acompanhar, servidom garrafa ou a copo. E como é óbvio, foi isso mesmo que aconteceu quando lá fomos!

Para aguçar o apetite, aceitámos a sugestão e deliciámo-nos com o paté de mexilhão, de chorar por mais! Entre um gole e outro do divino vinho Carm rosé, o paté acabou e mal podíamos esperar por provar os pratos principais. Foi-nos proposto que provássemos a conserva de filetes de cavala, com um molho de cenoura, pimento, louro, salsa e piri-piri e ainda as petingas (sardinhas pequeninas, com a vantagem de ter espinhas impercetíveis!).

O peixe, retirado das latas, é disposto sobre uma cama de rúcula e pimentos assados, servido com umas tostas de água e sal. O sabor, aspeto e qualidade do peixe que se mantém impecável, em conserva, durante tanto tempo é de se gabar! Os sabores que podemos encontrar, nos molhos com que são enriquecidas as conservas é feito de forma a valorizar o pescado, nunca deixando este de ter o papel principal no prato.

É aqui que percebemos o valor do que temos, daquilo que é feito por cá, e essencialmente da qualidade com que se faz, não fossemos nós uma nação dedicada e amante das nossas tradições. A Conserveira da Trindade é, sem dúvida, um belíssimo local de passagem, para sentar, conversar, degustar e ficar inspirado com o que de melhor temos e fazemos.

Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>