Braga, Comer Fora, Restaurantes, Zona Norte
Leave a comment

Letraria

Letraria

Ai o verde! No Minho, o verde está por toda a parte, nas paisagens, nas bandeiras e nomes dos municípios, até no vinho, vejam lá. Mas hoje falemos sim de cerveja. A Letraria localiza-se na verdíssima vila de Vila Verde, a 20 minutos de Braga, e é casa da Cerveja LETRA, uma cerveja artesanal minhota que tem dado de falar desde 2013.
Em 2008, Felipe Macieira e Francisco Pereira, colegas de licenciatura em Engenharia Biológica, decidiram dedicar os seus projetos finais de curso à produção de cerveja. Aliando todo o conhecimento que angariaram da indústria cervejeira Checa e Portuguesa com a paixão pela mesma, levou-os, em 2010, a dedicarem-se a tempo inteiro à produção de cervejas de qualidade, compostas 100% por produtos naturais. 3 anos de muita investigação e desenvolvimento de equipamentos, a LETRA aprendia a ler.
Desde então têm vindo a construir o seu repertório, que já conta com 8 cervejas, com receitas sempre em aprimoramento. Espalhando o que de bom se faz no Minho por esse Portugal fora, contam já com centenas de pontos de venda e consumo por todo o país, criando assim uma marca reconhecida entre todos os amantes de cerveja.

A Letraria é um Brewpub, dedicado tanto à produção de cerveja como ao convívio à volta do mesmo. Aqui é possível visitar a fábrica e ver como as leveduras, cereais, lúpulo e água são transformados em cerveja, assim como fazerem-se acompanhar pelas mesmas ao jantar ou com uns petiscos. Aqui todas as LETRAs se fazem acompanhar por um petisco desenhado para harmonizar com os diferentes estilos.

O abecedário já conta com a letra A, uma cerveja Weiss de cor clara e turva com alto teor em trigo; a letra B, uma cerveja Pilsner dourada e leve com lúpulo Saaz da região da Boémia na República Checa; a letra C, uma Stout intensa com aromas de café e caramelo; a letra D, uma avermelhada e torrada Red Ale com aromas florais; a letra E, uma dark strong ale de origem belga com sabores e aromas intensos; a letra F, uma India Pale Ale com alta amargura e sabores tropicais. Para além destas podem provar algumas receitas especiais como a Nanquim com levedura de cachaça e sementes de cacau ou a Letra on OAK maturada em barricas de vinho do porto.

Se ficar para jantar provem os respeitosos hambúrgueres com bacon crocante, cebola caramelizada, queijos azul e edam ou o suculento prego em pão de lenha coberto por uma generosa fatia de queijo flamengo. Mas guardem espaço para os petiscos feitos com… cerveja, lá está, como a sanduiche stout de pá de porco desfiada ou a mousse de chocolate negro com bolacha drêche, ambas feitas com a letra C.

Com poucas letras se escreve o que realmente importa, arte(sanal).

Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>