Comer Fora, Porto, Restaurantes, Zona Norte
Leave a comment

Porto Caco

PortoCaco

Em plena rua de Santa Catarina, o Porto Caco.

Em plena rua de Santa Catarina, no número 519, encontramos uma agradável e muito acolhedora hamburgueria, o Porto Caco, que como o nome indica, apresenta hambúrgueres e pregos em bolo do caco. As combinações na ementa prometem soluções para todos os gostos, desde o hambúrguer à base de atum em cama de legumes salteados em vinho do Porto, espinafres e cebolinho, passando pelo hambúrguer vegetariano, com cogumelos portobello ou o Campestre, hambúrguer composto por frango panado no forno com queijo parmesão, ananás, alface, cebola roxa e maionese da casa.

Nós seguimos a simpática sugestão de experimentar o hambúrguer rústico, um dos mais famosos da casa, com carne de bovino, alheira, ovo, cama de espinafres, queijo flamengo e maionese da casa. A acompanhar este hambúrguer rústico, também veio para a mesa, o hambúrguer nórdico, com salmão, cebola roxa, rúcula e manteiga de alho com coentros, numa tentativa de equilibrar a gula!

Enquanto esperamos a chegada do nosso pedido, somos presenteados com um apetitoso mini bolo do caco com manteiga de alho caseira e queijo, que nos entretém enquanto Isabel Carrasco, do Porto Caco, nos coloca à vontade com a sua simpatia. Simpatia essa que está espelhada por toda a sala de refeições, com as fotografias da cidade invicta, pequenos dizeres e curiosidades como saber que António Nobre, Camilo Castelo Branco e Guerra Junqueiro viveram na rua de Santa Catarina.

A chegada dos nossos hambúrgueres é anunciada por um belo copo de sangria de frutos silvestres e pelo copo de limonada, intensa e fresca. Os molhos de alho e de tomate acompanham as batatas fritas caseiras. Aliás, tudo o que está a chegar à mesa é caseiro! Os hambúrgueres finalmente chegam, convencendo à medida que são colocados na mesa. E convencem daquela maneira em que a primeira coisa que fazemos é tirar uma fotografia para partilhar com os nossos amigos. Os hambúrgueres são muito bem constituídos, convidando-nos a agarrá-los para começar a provar! E mal os provamos, testemunhamos que os ingredientes são muito bons. A carne é muito fresca, a alheira e o salmão são intensos, como que anunciando a sua frescura. O nosso ritual em desmontar o hambúrguer é interrompido por outro ritual, o das batatas fritas a mergulhar no molho de alho, que por ser caseiro, é cremoso e não demasiado forte.

A alheira, o ovo, a carne e o bolo de caco são perfeitos. Do outro lado, o salmão, a manteiga de alho e a cebola roxa fazem a combinação ideal. Estamos deliciados. Acabamos o nosso hambúrguer e terminamos o nosso jantar a ir mergulhar mais uma vez, as batatas fritas no molho de alho.

Para rematar o nosso jantar, uma bela fatia de cheesecake de frutos silvestres que está divinal, o final perfeito deste jantar perfeito, numa bela e perfeita noite de verão.

Isabel Carrasco conta-nos, com enorme prazer, que este negócio familiar foi uma ideia importada de Lisboa pelo filho para o centro do Porto. O futuro promete, com novas introduções na ementa e um possível alargamento do espaço para uma esplanada nas traseiras do espaço ou até a abertura de um novo piso. Até lá, vale a pena provar um destes hambúrgueres.

Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>