Braga, Comer Fora, Restaurantes, Zona Norte
Leave a comment

Páteo

Pateo

No vale por entre as colinas dos montes do Bom Jesus, Sameiro e Picoto nasce um pequeno oásis de água salgada. Aqui não há como enganar, os pratos de excelência são à base do peixe e marisco, bem contemplados no símbolo da casa. Erguendo-se no número 135 na Rua D. João II, o Páteo pretende quebrar as tradições alimentares dos Minhotos trazendo um pouco do azul do mar entre o verde das árvores.
Aqui todo o ambiente faz lembrar a praia. O sol do fim de tarde ilumina o espaço com tons quentes, onde o som do fundo das ondas é substituído pelo zumbir da cidade e a música ambiente. As cadeiras de esplanada são substituídas pela sua versão mais sofisticada de madeira e tecido, que colonizam o espaço em conjunto com o tradicional azulejo azul e branco que lembra a água e espuma salgada.

A vastidão do espaço garante a calma tanto ao casal que procura um jantar mais romântico como o bom ambiente ideal para jantar de grupo entre amigos. Sozinho ou acompanhado, venha com apetite, pois o lema deste espaço é o mesmo da famosa Julia Child: as pessoas que gostam de comer são sempre as melhores pessoas.
Onde quer que se sente, do canto do olho, por cima da cozinha aberta verá o lumiar dos aquários que garantem a frescura do marisco. E quando menos esperamos, BUM! Irrompem as chamas da cozinha, indicando que as nossas crocantes Gambas à Guilda saltaram da frescura para o tacho, mergulhando num quente e dourado molho picante de alho que combina optimamente com um vinho rosé bem gelado.
Seguidamente atraca na nossa mesa um enorme pote de arroz de marisco, tão cheio, tão cheio que as gambas ainda vinham com as caudas de fora. Embebido num cremoso molho laranja, os camarões, amêijoas, mexilhões e percebes igualam em número os grãos de arroz, tudo refrescado com uma pitada de cor e frescura dos coentros. E se ainda tiver espaço para a sobremesa, nada como um deliciosa fatia de bolo de chocolate servido com um fresco gelado e doce de frutos vermelhos.
Se quiser dar um salto ao mar sem sair de Braga, já sabe onde ir.

Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>