Comer Fora, Grande Lisboa, Lisboa, Restaurantes
Leave a comment

Akla | Hotel InterContinental

Akla

O Akla é um restaurante de hotel? É. E então?

Um meridiano é uma linha imaginária que une os dois polos. Em Lisboa, onde antes existia um “meridiano francês” há hoje um hotel InterContinental e o meridiano que agora ali passa, une várias coisas boas: o UpTown Bar, o restaurante Akla, e, entre eles, bons produtos, bom serviço e bom ambiente. Aqui há uma clara aposta nos profissionais da sala, bar e cozinha. Atenciosos e com formação, primam pela simpatia e descrição, interagindo na justa medida.

É sobre o Akla que me debruço: Akla é um termo Árabe e quer dizer refeição. O restaurante situa-se o piso térreo do hotel, com várias tipologias de mesas, como que oferecendo micro ambientes: mais intimistas ou descontraídos, mais formais ou para ocasiões de cariz profissional. Ainda na sala há um espaço de live cooking para 8 convivas, uma oportunidade para estar cara a cara com o Chefe Eddie Melo.

Também motivo de referência é o afamado forno Josper. Um misto de forno e grelha a carvão vegetal que permite cozinhar a altas temperaturas. Mais rápido, como que sela os sucos no interior dos ingredientes. É o simples extraordinariamente bem feito.

Akla1

Quanto à carta, pontuam propostas da mais genuína cozinha portuguesa e outros sabores do mundo. Para refeições ligeiras ou mais compostas, ou com pratos para partilhar, difícil não é encontrar, mas sim escolher.

Enquanto aguarda o que escolheu peça a carta do bar, onde se afirma, logo nas primeiras pagelas, que as bebidas, ali, são toda uma experiência. E é bem verdade. Mas também falam de alfaiates de bebidas ou de vinhos misteriosos.

O Akla é um restaurante de hotel…
Se é uma boa escolha? Com certeza!

Rua Castilho, 149

Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>