Cafés, Comer Fora, Grande Lisboa, Oeiras
Leave a comment

Chá com Livros

ChacomLivros

Há espaços assim: no meio do verde e que nos iluminam pela sua simplicidade. O Chá com Livros é um desses espaços. Encontra-se situado na rua Arthur Brandão, nº13 em Oeiras, no meio de uma zona habitacional e desportiva. O verde e o soar do cantar dos pássaros é deveras agradável.

Chama-se a este espaço h​íbrido: café + livros. Este foi o sonho da mãe dos seus criadores, uma terapeuta da fala e um designer, a Catarina e o Danilo Olim, que transformaram o sonho em realidade. Foi como que uma homenagem. Viajaram por várias cidades europeias como Londres e Amesterdão, onde espaços destes são mais comuns e diferenciadores.

A ideia sempre foi trazer cultura num espaço onde existisse também o lazer. No espaço encontramos algumas peças de design disponíveis para venda na daao concepts -, e que a seu tempo são alternadas por outras peças, que sinergem no local com os livros, os cheiros e as suas delícias degustativas.

E agora é tempo de  almoçar. Para começar dois sumos detox: de cor vermelha o de beterraba, maç​ã, limão e melancia & o outro verde do espinafre, ananás, lima, aipo e maçã.

Ambos refrescantes e saudáveis. Optámos pelos pratos do dia (usualmente há sempre dois): Salada polaca (croutons, queijo, fiambre, batata cozida e espinafres) & pie de frango (frango, molho bechamel, cenoura e cogumelos). Simples e cheios de sabor. Confessamos que não resistimos a experimentar a tosta de beterraba e a de frango com abacate e peperoni. Adorámos cada dentada. A textura e o sabor dos seus ingredientes diferenciadores. O sabor a queijo chevre com beterraba é perfeito e surpreendentemente, leve. O do peperoni sobressai pela sua intensidade.

Tivémos, sim fomos como que “obrigadas”, a degustar a tarte de maracujá & o bolo húmido de laranja. O que dizer sobre ambos? Adorei as sementes do maracujá e a base crocante de bolacha deixou-me rendida & o bolo leve e fofo como o sabor da laranja a envolver-se no céu da boca. Simplicidade e sabor é esse o segredo.

A oferta de sobremesas varia consoante o período do ano, dando preferência aos produtos da época. Quando termina uma tarte, fazem outra diferente. Por isso, há sempre algo delicioso para saborear. No entanto, o bolo de bolacha é um dos ex-libris da casa. Demora três dias a ser feito e a receita é de 1860. Sim, é mesmo desse ano! Não provámos pois esgotou no fim de semana porém vamos voltar para experienciar.

Particularidades do espaço: uma pequena e acolhedora esplanada exterior, mesas brancas, bancos e cadeiras madeira, móveis brancos e de madeira, peças de design que se fundem e tornam o espaço tão seu, uma ementa simples que apetece experimentar, não há televisão, existe wifi e adorámos a password Optimismo, há livros sobre arte, design, saúde e política. Um parede branca com ervas aromáticas: hortelã, manjericão, jasmim… Existem eventos e workshops: lançamento de livros, noite de conto de fadas para adultos, mensalmente o encontro das Tricotadeiras de Oeiras, o workshop de fotografia e de culinária. Vendem bolos inteiros ou à fatia. O horário de verão é das 9h às 20h, ainda que possa ser alargado aquando dos eventos e workshops. Um espaço a revisitar.

Definitivamente apetece dizer Keep It Simple & Delicious.

Facebook 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>